terça-feira, 31 de março de 2015

O Desespero vem para o Jantar


O Desespero vem para o Jantar
O vampiro Neculai encontra um novo sedutor da internet 

– Alô!
– Ele não virá para o seu jantar Verônica.
– Quem está falando? Quem não vira?
– Meu nome é Neculai. Estava me referindo ao Claudiney o homem que está esperando ansiosamente neste restaurante. 
– Como tem tanta certeza que ele não vai vir? É amigo dele?
– Não sou amigo. Mas neste exato momento ele está roubando a sua casa.
– Como assim? Tem algo estranho nesta conversa. Preciso ligar para ele.
– Claudiney não vai atender. Ele sabia que você viria ao seu encontro e você passou o endereço da sua casa para ele nas suas conversas na internet e ainda disse que não tinha cachorro. Você disse a ele que morava sozinha. Ele armou de encontrá-la só para roubar a sua casa. 
– Isso não é possível. A gente se conhece faz um bom tempo.
– Só pela internet. Ele é um ladrão bem conhecido. Gosta de conhecer mulheres ingênuas.
– Eu não sou ingênua. Tenho o endereço dele também. Já falamos por celular.
– Ele se aproveita de pessoas assim. Pega a confiança da pessoa e depois tira tudo que ela tem. 
– Como? Como ele pode?...
– Sei que você é uma mulher muito influente com a politica. Sabe muito bem fazer um cara conhecido ser até um presidente.
– Eu me conheço bem. Não precisa dizer o meu currículo. 
– É uma mulher que pode mandar no governo quando quiser mas infelizmente é solitária. Os homens tem medo de você. Por isso procura na internet alguém que possa ser o que você precisa. 
– Isso também não é novidade Neculai, mas no momento estou preocupada com a minha casa que aquele ladrão está roubando.
– Não se preocupe com ele. Eu darei a ele bons modos por quebrar sua confiança. 
– Mas... quem é você? 
– Neculai adora fazer amigos. 
– Escutei gritos? Que está acontecendo ai? 
– O Gatuno do Claudiney não consegue engolir tudo que ele roubou. Só um segundo...
– Mas que barulhos são esses? 
– Acho que ele engasgou com o seu troféu de ouro. Ja resolvo isso;
– O quê? Ele roubou meu troféu? Que desgraçado. Ganhei na Faculdade.
– Os anéis e colares desceram facilmente mas esse troféu está... bastante... complicado... Pronto. Agora vai! Engole logo!
– Meu Deus! Esse troféu é do tamanho da minha mão. 
– Pronto, Pronto... Engoliu e está quase em desespero. 
– Ele engoliu minhas joias?
– Estou tentando tirar agora mesmo só estou bebendo o sangue dele pois está delicioso.
– Agora lembro do Senhor. Neculai o assassino que está sendo aclamado por todos. 
– Confesso que sou bem conhecido Verônica. Pronto... Claudiney não engana mais ninguém.
– Eu confiei tanto nele. Como pode fazer isso comigo. 
– Isso acontece Verônica. Você não foi a primeira vitima, mas agora é a última.    
– Não deixe minhas joias com ele.
– Já estou tirando. Vou lavar e ficará novinho. 
– Não sei bem se quero usá-las novamente.
– Posso levar para a Deise então. 
– Quem é Deise? Sua amante?
– Uma amiga. Ela adora meus presentes. 
– Neculai. Você me fez rir depois de toda esta tragédia. 
– Eu sou um cara bastante divertido Verônica. O pessoal reclama um pouco no começo mas depois tudo termina em festa. 
– Você tem mesmo um estilo bem estranho de chamar para uma conversa. Por que não vem aqui e tomamos algo já que o meu jantar foi cancelado.
– Coloque o celular debaixo da mesa. 
– Tudo bem. Depois de tudo que aconteceu hoje, qualquer coisa agora seria uma surpresa agradável.
– Olhe para baixo.
– Oh meu Deus? Você Você esta aqui e... e... 
– Sem Roupas. 
– Era isso que eu ia dizer. Não saia daí. Vou ver como resolvo isso. Já volto.
– Seja breve. É constrangedor. As vezes me pergunto porque não inventaram uma roupa para um vampiro como eu. Viajar pelo celular já é complicado.  
– Pronto! Vista isso!
– É uma roupa de Garçom Verônica. 
– Era o que eu pude arrumar. Disse que meu marido se molhou. 
– Fui promovido a marido debaixo da mesa.
– Seja rápido Neculai. Os garçons já estão olhando.
– Já colocou uma calça por debaixo da mesa?   
– Só tirei.
– Entendo. Bom eu já estou vestido. Agora vou levantar e me sentar.
– Uau! Neculai!Você é um gato. 
– Eu sei o que sou. Um morcego, um lobo, uma coruja, mas não um gato.
– Não importa. Obrigado por fazer companhia. Não esperava que o Claudiney fosse um ladrão.
– Você não está com medo de mim?
– Deixa ver... Seus olhos, sua boca, seu corpo... Não estou com medo. Estou com fome. 
– É uma mulher de muitos desejos Verônica. Também tenho os meus.  
– Então bem-vindo Neculai. Eu sou o que você precisa para ser o que quiser no governo. 
– Façamos um brinde. E que nossa união seja bom para a Nação.
– Tim Tim.
– Que bom que este restaurante tem uma TV. Meu programa já vai começar.

...

– Começa agora - Programa do Desespero com os apresentadores Marco Tong e Solange Pen.
– Sei que vocês devem estar achando estranho ver que estou aqui no meio do palco do programa, de joelhos, enquanto Marco Tong aponta uma arma para mim. Eu vou explicar. Existem milhares de brasileiros hoje que estão passando por isso neste momento. A violência está sendo comum a cada dia e ficamos exatamente assim, de joelhos. Esperando que apareça um amigo salvador. Por isso, você aí do auditório. Você aí de casa compre agora o carnê do Amigo Salvador Neculai. Esse carnê garante a sua segurança. Não é Marco?
– Isso mesmo Solange. Deixe-me ajudá-la a levantar. O carnê vem com adesivos para colocar na porta da sua casa e já sabem né? Custa apenas um salário mínimo. E tem a proteção dos Vigilantes do Neculai. Olha só que maravilha heim Solange. 
– Pois é Marco. E os Vigilantes do Neculai estão aumentando a cada dia. Lembre-se que nesta época de crise o emprego fica cada vez mais difícil e por isso o carnê paga o salário destes Vigilantes. Por isso a sua ajuda é imprescindível para manter a segurança do seu Bairro, da sua Rua. Mas tem Comodistas que não estão colaborando...
– É muito triste isso Solange. São pessoas egoístas que só pensam nelas e não estão adquirindo o carnê e nem pensam em pagar estas pequenas prestações. Mas estamos de olho neles. 
– Sim Marco. Graças a ajuda de vocês, já sabemos quem não está colaborando e pedimos para que tomem cuidado, pois pode aparecer um ladrão a qualquer hora e ele vai acabar com toda a sua família em poucos minutos e depois não terá como se arrepender pois já será tarde demais. 
– Compre o nosso carnê e garanta a sua segurança. Vamos para um intervalo e já voltamos.
– É isso mesmo gente! Daqui à pouco voltaremos. 




Por Adriano Siqueira

segunda-feira, 30 de março de 2015

Mistério da Mansão Winchester: A Maldição de Sarah

A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison - Enéias Tavares - Resenha de Adriano Siqueira

A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison - Enéias Tavares
Resenha de Adriano Siqueira



Conheci o livro "A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison"do autor Enéias Tavares na Bienal do Livro 2014, . Este livro foi vencedor do concurso Fantasy Casa da Palavra.

A capa é muito bem desenhada mas embora existam armas nas mãos e poses que remete a muitas aventuras o livro não é bem assim.

A Diagramação foi bem produzida mas a fonte Título dos capítulos são extremamente alargadas e quando chega nas partes das Cartas e nas Gravações ficam sendo usadas em excessos e a fonte fica cansativa. Acredito que a fontes títulos quando chegassem nesta parte das cartas deveriam ser mais discretas, mas isso cada um tem sua opinião.  Quando chega na página 223, 224 e 225 os textos ficam todos riscados em preto e achei isso um exagero que, se for visto em excesso acaba dificultando um pouco quando passa para o próximo capítulo. Acho que o diagramador deveria ter dito que aquela parte seria censurada e pronto. Acredito que seria caro para a editora diagramasse algo como se fossem documentos mesmo e aí sim usasse este efeito ficaria positivo.  

A história conta que um jornalista (do jornal chamado "O Crepúsculo") chamado Isaías Caminha deve entrevistar o Dr. Louison e com isso o jornalista vai narrando toda a viagem bem ao estilo Noir e usando muito o "Como se" em quase todo o livro. Eu fiquei impressionado "como se" fosse o primeiro livro Steanpunk que li. E assim vai.

O estilo Bram Stoker Drácula é bem claro. Cartas, cartas, cartas e cartas. Sim; Tem Gravações Gravações também. Mas o livro tem pouca ação e embora o livro seja escrito com muita narração o Excesso de Aspas substituindo os travessões deixou o livro mais lento. Se o autor Enéias tivesse usado travessões seria mais rápido de ler. Assim penso. 

O início do livro é moroso. O escritor Enéias queria mostrar como é o mundo Steampunk e estendeu isso por um bom tempo. Até a página 40 ele ainda dava detalhes sobre a viagem do jornalista. Isso seria bom se durante o livro estas explicações fossem usadas durante o livro. Mas não foi. Depois que começam as cartas e gravações no meio do livro para a frente as maquinarias do Steampunk foram poucos usados. Acredito que Futuramente o autor utilize mais o cenário steampunk para ser mais usado na história. 

O Dr. Louison tem o estilo calmo e calculista e ateu (como diz na página 263). geralmente este é o perfil psicológico dos grandes Doutores já conhecidos. o Doutor Hannibal Lecter, Doutor Moriaty O Doutor Phibes, também são assim. Isso não trouxe muitas surpresas. 

Na página 91 vi um exageros de palavras que começam com a letra "T" fazendo algo do tipo "O rato roeu a roupa do rei..." só que com "t" Ditas pelo Dr. Louison que achei desnecessário e ficou um pouco cômico. Isso tirou um pouco a seriedade do Doutor Louison mas isso vai do estilo do personagem visto pelo autor.   

Me agradou muito os personagens que já participaram de livros famosos de outros autores. Ficou um crossover interessante e isso poderia ser mais explorado. É claro que falta estilos "A liga extraordinária" nos livros de fantasia nacional e bem trabalhado, as histórias seriam curiosas de ler. Acredito que o autor Enéias receba elogios por elaborar bem esta façanha. 

Os personagens estavam bem trabalhados o Enéias sabe muito bem dar detalhes sobre cada um e não ficou dando muitas extensões cansativas sobre isso e ele soube descrever bem cada personagem. 
São citados alguns autores como o Nietzsche e Dante Alighieri.

Eu li o livro em pouco tempo. Enéias Tavares escreve muito bem e tem um jeito que atrai o leitor a continuar lendo até o final. Seus textos neste livro chegam a ser um pouco poético e percebi que ele usa algumas palavras como se fossem escritas como antigamente como por exemplo "Photografia". Eu achei isso um charme interessante na leitura. Era isso que para mim significava que era um livro Steampunk. 

Recomendo o livro para a leitura pois é um livro que raramente se encontra no mercado atual. 
Abraços:  Adriano Siqueira.



Eu e o autor Enéias Tavares no lançamento 
de seu livro Na Bienal do Livro - 2014


quarta-feira, 25 de março de 2015

Ordem e Desespero


Ordem e Desespero
A vampira Karina mostra o seu poder 
e o Neculai quer acabar com todos os livros de vampiros


— Alô? Nanci? Nanci você está em casa?
— Nanci não pode responder! Eu sou a Karina.
— Não pode responder? Como assim? E meu filho onde está?
— Seu filho está agora mesmo enterrando um corpo no quintal. Quer deixar recado?
— O que? Mas que diabos está acontecendo? Chama meu filho agora!
— Não precisa gritar eu já entrego o celular para ele. Fala com seu pai Renê.
— Oi Pai! Nossa. Mamãe era maior do que eu imaginava. tive que cavar bastante mas agora ela já tá dentro é só fechar. Estou ocupado deseja algo?
— Você está louco? Enterrou sua mãe? Que é isso filho?
— Pai a Karina é um amor sabe. Ela diz que é vampira. Conheci ela na internet. Linda pai! Estamos nos divertindo aqui em casa. Ela precisa de sangue, mas ela não gostou do sangue da mãe e agora eu vou dar meu sangue para ela agora por isso não posso falar muito.
— Filho meu Deus! O que está acontecendo?
— Seu filho não pode mais atender Geraldo.
— Eu vou chamar a policia sua assassina. Se você tocou na minha família eu te mato. Eu já estou chegando em casa e estou armado. Você vai apodrecer na cadeia.
— Seu filho tem um sangue delicioso.
— Desgraçada!
— Estou vendo as luzes do seu carro na garagem. Chegou rápido Geraldo.
— Como vai me deter agora? Estou dentro do carro! Apareça vampira! Estou armado.
— Quando aprendemos a voar os materiais que os humanos acham que é pesado se torna muito leve. Que podemos levantar um carro sem muito esforço.
— Mas o que? Me solte ou eu atiro!
— Não deveria me provocar. Meu noivo me ensinou que posso carregar muitas coisas voando e podemos ir muito alto.
— Ponha-me no chão! Vamos cair!
— Não querido. Você vai cair!
— Não solte o carro Não solteeeeeeee...
— Neculai vai ficar orgulhoso da sua noiva.

...

— Marcelo? onde você vai com essa roupa?
— Mãe! Agora faço parte dos Vigilantes do Neculai; Eu e minha turma vamos pichar umas casas que não pagaram escrevendo "Comodistas 0"!
— Mas isso pode gerar violência? Não podem foçar ninguém a pagar por segurança.
— Mas mãe, o organizador da nossa equipe disse que se a gente não fizer isso, eles não vão ter como pagar nosso salário. E quero ver a gente em um lugar melhor. Comprar alguns bons móveis e uma televisão de tela digital grande. Nesta época de crise precisamos de mais dinheiro.
— Não gosto de ver você no meio desta turma. Muita gente está sendo contra os métodos deste Neculai.
— é que ele é bom mãe. Está dando empregos para muita gente e protegendo todo mundo. Não vejo nada demais incentivar mais pessoas a ajudar.
— Pichar? Acha que marcar casas que não pagam por proteção vai salvar a nação?
— Você não entende mãe! E m mato para a gente ficar bem e ter o melhor e você só faz perguntas e perguntas. Eu vou com eles. Volto de noite.

...

— Alô! Quem é?
— Neculai.
— Mas... Como descobriu o número do meu celular.
— Consegui de amigos, dos amigos mortos. Ma a questão é simples Flávio. Quero que dê andamento as papeladas o mais rápido possível. Minha advogada já deve ter passado tudo.
— Seu pedido é inaceitável. Jamais faria uma loucura dessa.
— Seus filhos receberam meu presente?
— Não envolva eles nisso Neculai!
— Sua esposa também deve ter recebido um buquê de rosas roxas.
— Neculai! Desgraçado! Deixe a minha família em paz.
— Flávio, meus vigilantes ainda estão aprendendo. Acidentes acontecem.
— Não se atreva Neculai! Eu vou caçar você até no inferno.
— Vamos Flávio. Acelere os papeis. Todos vamos ganhar com isso. Você não gostaria que todos ficassem sabendo no meu programa que a Amazônia foi vendida para os Estados Unidos na década de 70.
— Como? Como sabe disso? É assunto confidencial você não tem o direito...
— Posso tudo Flávio. Nossa conversa acabou. Tenho que ver como estão os meus vigilantes.
— Seus Vigilantes! Acha que não sabemos Neculai! Eles estão sendo treinados em uma parte da Amazônia por gente que trabalha pro exército. Você não pode fazer um exército Neculai.
— Não são um exército. São ajudantes e protetores do povo. Eu estou apenas ensinando eles a se defender de vocês que são os verdadeiros sugadores. Nossa conversa acabou. já passou da hora de escolher o seu lado Flávio.
— Espere Neculai. Tem alguém que está travando seus planos. É o Geraldo.
— Não se preocupe com ele. A minha vampira já cuidou disso.
...

— Alô! Neculai
— Olá Deise.
— Já viu as notícias?
— Sim. os Vigilantes estão fazendo um ótimo trabalho.
— Não meu querido e lindo vampiro. É uma outra noticia. Você vai fazer parte do Ministério da Cultura. Meus parabéns Neculai. Cada dia fico mais e mais orgulhosa de você meu adorado vampiro. Venha aqui para podermos comemorar juntos. Me conte seus planos enquanto eu te abraço e te dou meu carinho.
— Então já se tornou público Deise? Flavio está fazendo um bom trabalho. Vou realmente fazer parte do Ministério da Cultura deste País.
— Qual será sua contribuição
— A minha primeira reivindicação será tirar todos os livros de vampiros de circulação porque agora, existe um vampiro que realmente vai fazer algo por esse povo. Não precisamos mais desta forma corrompida de ficção. Só existirá livros de vampiros se for sobre mim.  Vampiros agora são realidade. E a realidade vai dominar esta nação.



Por: Adriano Siqueira

Centralia: A Cidade Tomada pelo Fogo

domingo, 22 de março de 2015

O Desespero em Leves Prestações



O Desespero em Leves Prestações 
O Vampiro Neculai estreia o seu primeiro programa na TV


─ Alô Marlene! Eu falei que não precisava me ligar. Logo estarei em casa.
─ Só estou usando o celular da Marlene, Lucas. Não é ela.
─ Neculai!
─ Homem inteligente! Gosto disso. Não! Não tente deletar os arquivos. Eu estou vendo você.
─ O que fez com minha esposa?
─ Ah. Sua banheira é perfeita. Vou adorar tomar um banho de sangue nela. 
─ Seu desgraçado! Se você tocou nela...
─ Calma Lucas. Estou apenas interessado em um e-mail que ia mandar. Sobre o cancelamento do meu programa que estreia hoje.
─ Você não vai vencer Neculai.
─ Eu posso tudo Lucas. Vocês, humanos, deixam muitas portas abertas e alguém poderia se aproveitar disso. Sorte de vocês que eu apareci para libertá-los.
─ Megalomaníaco, Psicopata.
─ Não precisa repetir as manchetes dos jornais que falam de mim Lucas. Eu sei bem que a mídia distorce minhas palavras. Por isso mesmo que agora eu tenho um programa. Lá as pessoas saberão a verdade. E você não vai me impedir. Seria uma censura que não mereço.
─ Nem todos serão enganados Neculai. Muitos já estão se preparando para enfrentá-lo. 
─ Eu sei! Eu sei. Tudo isso faz parte da fama, mas infelizmente você não vai saber qual será o meu futuro Lucas. 
─ Minha esposa? onde está? 
─ Ela está aqui e eu estou me preparando para um banho... 
─ Por favor. me diga logo o que fez com minha esposa... 
─ Estou sentindo um cheiro muito bom de desespero Lucas. Será que vem de você ou da sua esposa aqui amarrada e amordaçada na cadeira ao meu lado?
─ N-não faça nada com ela por Deus!
─ Deus? Não. Não, ele não está aqui. Quer deixar recado? Ha Ha. Faça a pergunta certa Lucas.
─ Neculai! O que quer?
─ Isso! Agora sim estamos nos entendendo. É simples. Passe uma mensagem com todos os nomes dos envolvidos nesta sua armação contra o meu nome para este endereço de e-mail que acabei de enviar no seu celular ou sua esposa vai para a banheira. 
─ E-eu eu. 
─ Seja rápido. Estou com fome. Muita fome!
─ Ok! ok! Tudo bem! já estou enviando tudo. Mas você não vai escapar. Por favor solte minha esposa.
─ Perfeito Lucas! Perfeito porém, um pouco tarde. Agora vou tomar um banho.
─ N-não! N-não assassino... Não pode fazer isso! Deixe ela em paz! M-mas o que isso? Como apareceu aqui? N-não!!! Argh! Ahhh!
─ Sim! Sim! Eu estou aqui do seu lado agora Lucas! Está é a melhor parte! Muitos dos meus fãs pedem para eu tirar uma selfie chupando sangue! Sorria para a câmera! O que seria do sangue sem o desespero? O seu sangue é bem refinado! Sua esposa está bem. Eu apenas usei ela para causar um pouco de desespero em você. Mas você não teve a mesma sorte. Uma pena. A morte novamente recebe em sua casa as vítimas deste vampiro que só quer libertar o mundo. ─ Agora Vou relaxar e assistir o meu primeiro programa na TV. 

...

─ Boa Noite Amigos do Neculai! 
─ Boa Noite!
─ Eu sou Solange Pen!
─ E eu sou Marco Tong!
─ Estamos inciando o nosso Primeiro programa do Neculai em rede nacional!
─ Isso mesmo Solange e olha só quantas novidades para vocês!
─ Olha isso gente! Quantos prêmios que o Neculai vai dar para os telespectadores! 
─ E não é só isso! Eu e a Solange estamos com algumas novidades. 
─ Vocês querem saber das novidades gente?
─ Queremos!
─ Ah Essa eu quero contar Marco. 
─ Fique a vontade Solange! Vamos ouvir a novidade que o programa fez para vocês!
─ Antes eu queria dizer que as mídias que vocês tem visto falando absurdos do nosso Neculai são pura inveja! Neculai só quer o bem da gente. Quer nos dar liberdade! Quer mostrar que somos uma Nação linda. As mídias só estão tentando difamar nosso querido e adorado vampiro. As mídias estão com medo do Neculai. Não caiam nessa não gente! Neculai é o único vampiro que realmente teve a coragem de lutar pelos nossos problemas. Ele foi o único que realmente se importou com os humanos. Ele sabia que seria bombardeado pelas pessoas que só querem se aproveitar de vocês. Mas ele está empenhado e acredita muito que existem humanos que querem a verdade e querem a liberdade e olha só que plateia maravilhosa. Uma salva de palmas para essa platéia linda! 
─ Neculai! Neculai!
─ Agora atenção gente! Vamos falar com vocês e os telespectadores aí de casa. Vocês sabem o que são Comodistas né? Comodistas são pessoas que não lutam por nada e ficam em cima do muro o tempo todo. Os Comodistas estão em todas as classes sociais. Eles ficam de braços cruzados enquanto alguém lutar por ele. Por exemplo. Você vê um amigo na sua escola sendo difamado por outras pessoas. Você diz: "─ Eu não tenho nada com isso!" e segue seu caminho e deixa seu amigo continuar sendo difamado pelos outros. Isso é ser Comodista. Não é Marco?
─ Sim! Solange! Existe também aquele rapaz que se diz ser seu amigo na sua empresa e quando o pessoal começa a difamá-lo virando piadinha do escritório muitos comodistas abaixam a cabeça e continuam agindo como se nada tivesse acontecido. 
─ Feio isso né Gente? Vamos vaiar os comodistas! 
─ Uuuuuuu!
─ E temos muitos mais exemplos pessoal! Não é Solange? 
─ Nossa! Tem muito comodista por aí! Um dia desses Marco, eu estava vindo para cá e um carro bateu no meu. O homem saiu do carro e disse que eu era uma mulher e que só isso já provava que eu iria perder a causa e que eu teria que pagar o conserto do meu carro e do dele.
─ Nossa Solange! Isso foi um machismo absurdo! E o que o pessoal da rua fez para ajudar?
─ Ajudar Marco? Os comodistas ficaram rindo! Alguns nem olhavam para mim! 
─ E o que você fez Solange?
─ Filmei ele me insultando e coloquei nas redes sociais. Anotei a placa do carro dele e anotei seus dados para processá-lo. Mas se eu dependesse dos comodistas para me ajudar, estaria perdida. Se eu não soubesse me defender, teria que ir embora com a cabeça baixa e engolir os insultos daquele palhaço.
─ Fez bem! Salva de palmas para a Solange!
Clap! Clap! Clap!
─ Agora vocês vão ver como o Neculai é bom para a todos! 
─ Agora é a novidade! Vejam, pois vale a pena. Pode falar Solange.
─ Neculai, pensando nos problemas que os comodistas podem passar, fez um carnê. Isso mesmo gente. Este carnê aqui é para evitar que os revoltados pelos comodistas causem problemas sérios para eles. Afinal comodista também é gente. Né. Só por escolherem ficar em cima do muro não significa que eles devem ser massacrados. São apenas pessoas que querem viver sua vida. nada mais justo do que pagarem pela sua proteção. Não é Marco.
─ Isso mesmo pessoal. E podem ver no site que aceitamos, débito em conta e várias outras formas para garantir sua proteção. Imagina só quanta gente não deve ser revoltada com os comodistas? O Neculai fez um carnê para que eles não sofram violência quando estão em suas casas, ou nas danceterias, ou nos parques, ou no restaurante enfim., em qualquer parte. E hoje em dia tudo pode acontecer não é Solange? 
─ Isso mesmo Marco. Este carnê vem com um 10 adesivos com código de barra intransferível e que só pode ser usado pela a sua família para colocar no carro ou na porta da sua casa, na carteira, bolsa e tudo mais. Garantindo assim, a proteção do comodista.  Este Adesivo aqui vem com a sigla ASN que significa "Amigo Salvador Neculai".  Não é lindo gente? Neculai é um amor. Ele te protegerá quando alguém te olhar e ver que você usa esse adesivo vão evitar de fazer ameaças e até mesmo te provocar. Não é Marco?
─ Isso mesmo Solange. E olha só que formidável é este nosso amigo Neculai. Estamos abrindo inscrições para os Vigilantes do Neculai. 
─ Que novidade incrível Marco!
─ Pois é Solange! Para vocês ai em casa participarem, devem se inscrever no site do nosso programa. Lá tem um espaço só para os Vigilantes do Neculai. 
─ Eu vou me inscrever!
─ Eu também Solange. Todo mundo quer ajudar o Neculai. Mas, prestem atenção. Para ser um Vigilante do Neculai você deve estar atento para quem são os comodistas. Se eles não tiverem posse do adesivo que enviamos pelos carnês eles podem ser um grande mal para a nossa nação e devemos convencê-los a pagar a nossa proteção. Vamos fazer de tudo por uma nação melhor. Não é Solange?
─ Isso mesmo Marco. Neculai foi bem claro. Comodistas que não tem o carnê podem sofrer acidentes terríveis. 
─ Mas vamos a mais uma boa notícia Solange! 
─ Agora sim a boa noticia! Este carnê que vem com dez adesivos para proteger toda a família comodista vai custar apenas um, isso mesmo! Um salário mínimo por mês!
─ Uau! muito menor do que eu imaginava Solange. Afinal, a segurança de nossa família não tem preço. E que bom chegar em casa e ver todos alegres se divertindo.
─ Pois é Marco. Neculai não deveria ser chamado de vampiro mas um Salvador, Um vigilante com um coração de ouro. Uma salva de palmas para o Neculai!
─ Neculai! Neculai!
─ Agora vamos terminar o programa. Não se esqueçam de se cadastrarem lá no site para serem um dos "Vigilantes do Neculai". Vocês vão ganhar um leitor de código de barras para verificarem os adesivos dos comodistas e serão treinados com uma equipe super eficiente. Vamos juntos com o Neculai fazer uma nação melhor.
─ Antes de terminar Solange, Neculai vai agradecer! 
─ Hum! Suspense! Será que ele está nos ouvindo? Alô! Neculai! Está na linha?
─ Aqui é o Neculai! Eu queria dizer "Boa Noite", mas a minha noite só está começando! Ha Ha Ha! Abraços do Neculai para todos meus fãs! 
─ Agradecemos a sua audiência querido telespectador. Eu sou Marco Tong!
─ E eu Solange Pen! Obrigado plateia linda e até o próximo programa.




Por: Adriano Siqueira

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo